Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Mostrando itens por marcador: la referencia Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > Qual a sociedade em que vivemos?
Início do conteúdo da página

No próximo dia 27, a Rede Federada Latino-Americana de Repositórios Institucionais de Publicações Científicas (LA Referencia) realizará o webinar “Profesionales en Ciencia de Datos en la Academia: ¿Qué hacen y qué pueden hacer en el futuro?” (em português "Profissionais em Ciência de Dados na Academia: o que eles fazem e o que podem fazer no futuro?"). O evento será às 12h (horário do Brasil), com transmissão ao vivo pela página da LA Referencia no Facebook. Não é necessário inscrever-se para o evento.

O webinar contará com a presença da conferencista Marcela Alfaro, co-presidente da Codata-RDA School of Research Data Science, da Universidade da Califórnia. A moderação será conduzida por Andrea Mora Campos, representante da LA Referencia da Costa Rica e da Universidade Nacional da Costa Rica.

A iniciativa integra uma série de eventos realizados para debater questões acerca do gerenciamento de dados de pesquisa. Entre os participantes previstos para os eventos estão integrantes da equipe do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), com um webinar para o mês de setembro.

A LA Referencia, que é presidida por Bianca Amaro, coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict, é uma rede latino-americana de repositórios de acesso aberto. Por meio de seus serviços, a rede apoia as estratégias nacionais de Acesso Aberto na América Latina. Isso ocorre a partir de uma plataforma com padrões de interoperabilidade, compartilhamento e visibilidade da produção científica gerada em instituições de ensino superior e pesquisa científica.

Para acessar o endereço de transmissão do webinar “Profesionales en Ciencia de Datos en la Academia: ¿Qué hacen y qué pueden hacer en el futuro?” veja a página da LA Referencia no Facebook clicando aqui. Conheça o site da LA Referencia: https://www.lareferencia.info/pt.



Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

No próximo dia 12, a Rede Federada Latino-Americana de Repositórios Institucionais de Publicações Científicas (LA Referencia) realizará o webinar “¿Qué es un asesor de datos de investigación?” (em português O que é um Consultor de Dados de Pesquisa?). O evento será às 14h GMT (8h da América Central, 9h do Panamá e 11h do Brasil), com transmissão ao vivo pela página da LA Referencia no Facebook. Não é necessário inscrever-se para o evento.

O webinar contará com a presença da conferencista Heather Andrews, Consultora de Dados de Pesquisa (Data Stewardship) da Universidade Técnica de Delft, na Holanda, sob a moderação de Robinson Zapata, chefe do Departamento de Informação Científica e Tecnológica da Secretaria Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação do Panamá, e representante do país na LA Referencia.

A iniciativa integra uma série de eventos realizados para debater questões acerca do gerenciamento de dados de pesquisa. Entre os participantes previstos para os eventos estão integrantes da equipe do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), com um webinar para o mês de setembro.

A LA Referencia é presidida por Bianca Amaro, que é coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict. A LA Referencia é uma rede latino-americana de repositórios de acesso aberto. Por meio de seus serviços, a rede apoia as estratégias nacionais de Acesso Aberto na América Latina. Isso ocorre a partir de uma plataforma com padrões de interoperabilidade, compartilhamento e visibilidade da produção científica gerada em instituições de ensino superior e pesquisa científica. Conheça o site da LA Referencia: https://www.lareferencia.info/pt.

Para acessar o endereço de transmissão do webinar “¿Qué es un asesor de datos de investigación?” veja a página da LA Referencia no Facebook clicando aqui.


Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

A coordenadora geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), Bianca Amaro, foi reeleita presidente da Rede Federada Latino-Americana de Repositórios Institucionais de Publicações Científicas (LA Referencia).

A LA Referencia é uma rede latino-americana de repositórios de acesso aberto. Por meio de seus serviços, a rede apoia as estratégias nacionais de Acesso Aberto na América Latina. Isso ocorre a partir de uma plataforma com padrões de interoperabilidade, compartilhamento e visibilidade da produção científica gerada em instituições de ensino superior e pesquisa científica. A rede é composta pelos seguintes países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Peru, Uruguai, Espanha e Panamá.

Bianca Amaro conta que foi reeleita por unanimidade pelo conselho diretivo da rede. Conforme explica a presidente da LA Referencia, a próxima presidência se dedicará aos pontos de trabalho estabelecidos como prioritários para o ano 2021 relacionados à Ciência Aberta, entre eles dados abertos de pesquisa, fortalecimento de iniciativas internacionais, tais como a Research Data Alliance (RDA), e o aumento da visibilidade da produção científica e a ampliação da participação dos países da região na rede.

“Para mim, é uma alegria muito grande a confiança depositada na minha gestão pelo conselho diretivo da LA Referencia”, explica Bianca Amaro. A presidente detalha que 2020 foi um ano muito difícil para toda a equipe da rede devido ao falecimento de Alberto Cabezas, então secretário executivo da rede, e a reestruturação das atividades e a designação de Lautaro Matas como o novo secretário executivo e técnico. Entre os apoios fundamentais para essa reestruturação, Bianca Amaro destaca o trabalho conduzido pela Costa Rica, representado pela pesquisadora Andrea Mora, responsável pelo país na rede.

A LA Referencia nasceu por meio de um acordo de cooperação assinado em Buenos Aires, em 2012, que refletia a vontade política de oferecer acesso aberto à produção científica da América Latina como um bem público regional, com ênfase nos resultados financiados com fundos públicos.

Para conhecer mais sobre o trabalho da LA Referencia, acesse: 
http://www.lareferencia.info/pt/.


Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

 

Publicado em Notícias

Pesquisadores do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) estiveram presentes entre os representantes brasileiros da Consulta Regional da UNESCO sobre Ciência Aberta para a América Latina e Caribe, no dia 23 de setembro. O evento foi coorganizado pelo Escritório Regional de Ciências da UNESCO para América Latina e Caribe e pelo Fórum de Ciência Aberta para América Latina e Caribe.

Representaram o Ibict a coordenadora geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict e presidente da Rede Federada Latino-Americana de Repositórios Institucionais de Documentação Científica (LA Referencia), Bianca Amaro, a professora Sarita Albagli, do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (convênio Ibict/UFRJ), e Washington Segundo, coordenador do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação do Instituto.

O encontro online fez parte de uma série de consultas regionais que visam criar um consenso global sobre ciência aberta. O objetivo do evento foi proporcionar uma plataforma para a troca de contribuições entre cientistas, fundos de financiamento da ciência, formuladores de políticas, inovadores, editores, organizações da sociedade civil e outras partes interessadas nas recomendações da UNESCO sobre ciência aberta.

Durante o evento, os participantes compartilharam lições e experiências na formulação e implementação de estratégias, políticas e outras iniciativas de ciência aberta, a partir dos principais desafios e as infraestruturas necessárias para avançar no assunto, incluindo sugestões de como superar os desafios, bem como a identificação de áreas comuns de colaboração e a formação de uma rede internacional para promover a ciência aberta globalmente.

O evento foi moderado por Lidia Brito, diretora do Escritório Regional de Ciências da UNESCO para América Latina e Caribe, e contou com a participação especial de Shamila Nair-Bedouelle, diretora geral assistente do setor de Ciências Naturais da UNESCO.

A defesa da Ciência Aberta no Brasil: Entre as instituições representadas no evento, os pesquisadores do Ibict alertaram para a importância da Ciência Aberta para o Brasil e o mundo. Nos painéis sobre acesso aberto e dados abertos, Bianca Amaro apresentou as ações da La Referencia e ressaltou que é fundamental que seja realizado um trabalho junto aos órgãos de avaliação dos pesquisadores, tanto de valorização da Ciência Aberta quanto de diálogo com os pesquisadores em relação aos dados produzidos nas pesquisas. Para Bianca Amaro, é importante que as regras da ciência passem por uma grande mudança, de modo que a Ciência Aberta seja uma realidade em todo o mundo. Na apresentação, Bianca Amaro também contextualizou algumas das ações de repositórios científicos no Brasil.

Também sobre o assunto, Washington Segundo explicou sobre a infraestrutura para repositórios de dados de pesquisa. Entre os repositórios de pesquisa disponíveis na América Latina, Washington Segundo apresentou brevemente aos participantes o Portal Brasileiro de Publicações Científicas em Acesso Aberto (oasisbr), formado por uma rede de mais de 500 instituições, as quais agregam mais de 1250 fontes e aproximadamente 2,6 milhões de documentos, reunindo repositórios institucionais, bibliotecas locais de teses e dissertações e revistas eletrônicas de acesso aberto. Atualmente, o Portal Brasileiro de Publicações Científicas em Acesso Aberto já está disponibilizando dados de pesquisa agregados (veja aqui).

A professora Sarita Albagli representou o Ibict no painel sobre ciência e cidadania. Ao longo da apresentação, Sarita Albagli discutiu sobre Ciência Aberta e Ciência Cidadã e assuntos relacionados, como o crescente papel dos meios de informação e comunicação, a democracia e o direito à pesquisa, a noção de abertura e participação cidadã, a produção de dados e os grupos socialmente vulneráveis, a ciência cidadã frente ao desenvolvimento sustentável, as relações desiguais poder e os regimes de controle e vigilância sobre os dados de pesquisa.

O evento está disponível integralmente pelo Youtube da Unesco em inglês ou espanhol.

 

Patrícia Osandón
Núcleo de Comunicação Social do Ibict

Publicado em Notícias

Nos dias 31 de outubro a 1 de novembro, foi realizada a reunião anual da LA Referencia, a rede latino-americana de repositórios de acesso aberto à ciência. O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) representa o Brasil na rede.

O encontro aconteceu na Universidade Nacional da Costa Rica, na cidade de Heredia.  O objetivo foi discutir questões relacionadas ao acesso aberto a conteúdo científico, divulgação e avaliação de produção intelectual de universidades, e ferramentas para construção de repositórios.

Participaram desta reunião representantes de organizações de Ciência e Tecnologia da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Honduras, Nicarágua, Panamá, Peru e Uruguai, além de representantes das organizações COAR, Lyrasis, Google Scholar, OpenAIRE, RedCLARA e Unesco.

"É muito importante que nos encontremos na Costa Rica. Pela participação ativa que o país tem em LA Referencia, e também porque é uma grande oportunidade de ter todos os países que fazem parte da rede juntos, trocando experiências, compromissos, para que a rede tenha maior projeção e que juntos tornemos a ciência da América Latina mais visível, não só em nossa região, mas em todo o mundo", diz Bianca Amaro, presidente de LA Referencia e coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict.

Durante os quatro dias da reunião, foram realizados diversos workshops e mesas de trabalho. Em destaque, o Workshop Técnico OpenAIRE - LA Referencia; o Workshop DSpace 7. Lyrasis - LA Referencia - COAR e a Terceira reunião dos Consórcios LATAM e Caribe. A reunião do Conselho da LA Referencia também se realizou neste contexto.

O coordenador do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação do Ibict, Washington Segundo, representou a instituição nas atividades técnicas. “Tratamos de vários temas como estatísticas de repositórios, curadoria de metadados e interoperabilidade entre sistemas”.  

O especialista destaca ainda a parceria do Ibict com a LA Referencia e a organização europeia OpenAIRE (a responsável pela infraestrutura europeia de acesso aberto e ciência aberta) no desenvolvimento de ferramentas de estatísticas para repositórios digitais. “Trabalhamos para criar um plugin de estatísticas para toda a rede. Vamos medir o quanto o conteúdo é utilizado e disseminado pelos portais. Um sistema central vai monitorar as estatísticas de uso dos recursos que são disseminados pela rede, do repositório local a outros nós”, conta Segundo.  

LYRASIS e LA Referencia anunciam acordo de cooperação

Durante a Reunião Anual da rede de repositórios, foi assinado um acordo de cooperação entre LYRASIS e a LA Referencia.  A LYRASIS é uma organização sem fins lucrativos que desenvolve e soluções de código aberto para bibliotecas, museus e comunidades de conhecimento. O objetivo da parceria é promover avanços nas tecnologias de código aberto na América Latina e apoiar programas para o acesso aberto à ciência.

Texto: Carolina Cunha, com informações da Universidade Nacional da Costa Rica e La referencia

Núcleo de Comunicação Social

Publicado em Notícias

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) de Portugal e a LA Referencia, a rede latino-americana de repositórios de acesso aberto à ciência, juntamente com a RedCLARA, a rede de P&E da América Latina, assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) para fortalecer a cooperação e o acesso à informação científica entre Portugal e os países membros da rede de repositórios.

O acordo foi celebrado em 16 de setembro na cidade do Porto, no âmbito do evento Open Science Fair, e assinado por Bianca Amaro, presidente da LA Referencia e coordenadora-geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict, Luis Eliécer Cadenas Marín, diretor executivo da RedCLARA e Nuno Feixa Rodrigues, membro do Conselho Administrativo da FCT.

“Este MoU facilita a transferência de componentes do coletador da  LA Referencia e estabelece um marco para a colaboração e desenvolvimento conjuntos,  que permitirá a construção de plataformas comuns, distribuídas, não comerciais e com serviços de valor agregado. Hoje, com este acordo, são lançadas as bases para um relacionamento mais próximo que deve ir do mundo do Acesso Aberto à Ciência Aberta. Por fim, é um exemplo concreto de trabalho conjunto alinhado ao OpenAIRE da Europa, onde Portugal e a LA Referencia participam ”, destaca Bianca Amaro.

O memorando visa estabelecer critérios entre as duas entidades, a fim de desenvolver mecanismos de colaboração tecnológica na área de tecnologias para agregadores de repositórios de acesso aberto (como LA Referencia e RCAAP), e desenvolver a infraestrutura necessária para favorecer a Ciência Aberta. Por exemplo, entre outras áreas, visa facilitar elementos de transferência e desenvolvimento colaborativos com roteiros de componentes do software LA Referencia “LR Harvester” (sem fins comerciais) e define as diretrizes para a otimização e implementação dos serviços comuns que serão implementados na plataforma por meio de trabalho conjunto.

“Desde 2009 Portugal, através da FCT, e o Brasil, por meio do Ibict vêm realizando diferentes iniciativas conjuntas na área de Acesso Aberto e Ciência Aberta. A assinatura deste memorando resulta na expansão da cooperação para a América Latina, que, por um lado, aumentará o impacto e a visibilidade do conteúdo de acesso aberto e, por outro, aumentará a inovação e reduzirá os custos de desenvolvimento de software", afirma Nuno Feixa Rodrigues da FCT.

A cooperação beneficiará os países membros da LA Referencia, representados pelas seguintes organizações de Ciência e Tecnologia: Ministério da Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia (Argentina); Ibict (Brasil); Colciencias (Colômbia); Conare (Costa Rica); Conicyt (Chile); Senescyt (Equador); Ministério da Educação, Ciência e Tecnologia (El Salvador); Conacyt (México); Concytec (Peru), ANII (Uruguai) e RedCLARA.

Desde a sua criação, a LA Referencia acompanha as estratégias nacionais de Acesso Aberto na América Latina, estabelecendo padrões de qualidade, promovendo a implementação de uma plataforma de busca e recuperação de documentos científicos, capacitando seus países membros e firmando acordos para potencializar a visibilidade da ciência regional.

Para Cecília Leite, diretora do Ibict, o acordo de cooperação vai contribuir para promover o acesso e a visibilidade da produção científica brasileira. “O Acordo de Cooperação reflete uma parceria muito positiva. Nós trabalhamos de forma conjunta no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas, de arquitetura de informação e integração de banco de dados. A partir dessas parcerias, a produção científica brasileira em acesso aberto pode chegar na América Latina e Europa”.

Pioneiro no movimento de Acesso Aberto na América Latina, O Ibict trabalha na missão de criar e impulsionar repositórios de produção científica. Em 2002, o instituto criou a Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), que integra os sistemas de informação de teses e dissertações existentes nas instituições de ensino e pesquisa do Brasil. Em 2006, foi criado o Oasisbr, portal que permite o acesso gratuito à produção científica brasileira de autores brasileiros vinculados às universidades e institutos de pesquisa.

O Ibict é parceiro da LA Referencia desde sua criação. Além de apoiar a estruturação da rede, o Ibict atuou no desenvolvimento de seu sistema de coleta. Em 2019, a LA Referencia elegeu Bianca Amaro, do Ibict, para um mandato de dois anos na presidência da rede.

Sobre a Fundação para a Ciência e Tecnologia de Portugal

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia é o órgão público nacional de Portugal que apoia pesquisas em ciência, tecnologia e inovação em todas as áreas do conhecimento. Entre os serviços desenvolvidos, está o portal RCAAP, que visa coletar, agregar e indexar o conteúdo científico em Acesso Aberto dos repositórios institucionais das entidades nacionais de ensino superior e outras organizações de P&D.

O portal RCAAP é um ponto único de pesquisa, descoberta, localização e acesso a milhares de documentos científicos e acadêmicos, incluindo artigos de revistas científicas, documentos de conferências, teses e dissertações, distribuídos por vários repositórios portugueses. Com a assinatura do acordo, o portal RCAAP e o mecanismo de busca LA Referencia poderão recuperar de suas plataformas o conteúdo dos repositórios institucionais coletados por cada nó agregador, melhorando assim a visibilidade da busca nas pesquisas acadêmicas.

 Com informações da rede LA Referencia

 

Publicado em Notícias
Fim do conteúdo da página