Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Sugestão de Leitura: “Direitos das mulheres e a encontrabilidade da informação no portal da Câmara dos Deputados: perspectivas brasileiras rumo à Agenda 2030 das Nações Unidas” Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Sala de Imprensa > Notícias > IBICT completa 65 anos
Início do conteúdo da página
Terça, 31 Agosto 2021 10:35

Sugestão de Leitura: “Direitos das mulheres e a encontrabilidade da informação no portal da Câmara dos Deputados: perspectivas brasileiras rumo à Agenda 2030 das Nações Unidas”

Arte: NCS/Ibict Arte: NCS/Ibict

A revista Biblios: Journal of Librarianship and Information Science acaba de disponibilizar para leitura o artigo “Direitos das mulheres e a encontrabilidade da informação no portal da Câmara dos Deputados: perspectivas brasileiras rumo à Agenda 2030 das Nações Unidas”, de autoria de Carla Maria Martellote Viola e Marco André Feldman Schneider. Ambos são pesquisadores ligados ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI), desenvolvido por meio de convênio entre a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict).

O objetivo do artigo foi averiguar se o trabalho desenvolvido pelos(as) profissionais da informação e documentação na Arquitetura da Informação do portal da Câmara dos Deputados está permitindo a encontrabilidade da informação que auxilie o alcance dos objetivos apregoados na Agenda 2030, no que tange aos Direitos das Mulheres.

A pesquisa desenvolvida durante o artigo foi a exploratório-avaliativa com delineamento bibliográfico e abordagem qualitativa. Como resultados da pesquisa, foram identificadas quatro interfaces/fontes de pesquisa na arquitetura da informação do portal da Câmara dos Deputados com possibilidades de encontrabilidade de informações semelhantes sobre os Direitos das Mulheres, que ora se completam, ora se apresentam conflituosas.

Confira o currículo resumido dos autores do artigo:

Carla Maria Martellote Viola
Advogada, Publicitária e Docente. Doutoranda (2019) e mestra em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT/UFRJ/2018), graduada em Comunicação Social/Propaganda e Publicidade (FACHA/1985) e em Direito (Universidade Santa Úrsula/1997). Pós-graduada em Gênero e Direito (EMERJ/2018-2019), em Gestão Estratégica da Comunicação (IGEC/FACHA/2011) e Direito do Consumidor Responsabilidade Civil (AVM/Candido Mendes/2013) com complementação em Didática do Ensino Superior. Integrante do grupo de pesquisa Perspectivas Filosóficas em Informação - Perfil-i.

Marco André Feldman Schneider
Bolsista de Produtividade CNPq. Cientista do Nosso Estado Faperj. Pesquisador titular do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. Professor associado do departamento de Comunicação Social da Universidade Federal Fluminense (UFF-Niterói-RJ). Professor do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI/Ibict/UFRJ) e do Programa de Pós-Graduação Mídia e Cotidiano (PPGMC-UFF). Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (ECA-USP-2008). Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ-2003). Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Produção Editorial (ECO-UFRJ-1999). Possui estágio pós-doutoral em Estudos Culturais, pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-2012), onde atua como pesquisador associado, supervisionando estágios pós-doutorais. Líder do grupo de pesquisa Perspectivas Filosóficas em Informação (Perfil-i).

Clique aqui para acessar o artigo (redirecionamento para o site da revista Biblios).


Núcleo de Comunicação Social do Ibict, com informações do artigo

Fim do conteúdo da página